Feeds RSS

sexta-feira, 2 de julho de 2010

Sair de casa ou não?

Bom, como escrever me ajuda a pensar, estou aqui mais uma vez.
Hoje vim debater comigo mesma os por quês e os contras de sair de casa.

Desde que me lembro por gente, sempre quis sair de casa. Nunca gost
ei dessas regrinhas dos pais: nao pode fazer isso, aquilo, não pode ir dormir na casa do colequinha, não pode sair pra tal lugar, não pode trazer alguém em casa sem avisar uma semana antes, coisas desse tipo (nem tão desse tipo). Mas desde que entrei na faculdade venho pensando seriamente em sair de casa, arranjar um lugar pra morar com os amigos escolhidos a dedo (claro! pra morar junto tem que ter boa relação com a pessoa) ou mesmo em uma república mesmo qualquer com o povo da minha facul. Até cheguei a chamar uma amiga pra ir morar comigo mas ela não tinha animado muito. Mas hoje as coisas mudaram. Essa minha amiga parece estar mudando de idéia. Ela vai fazer um intercâmbio agora no segundo semestre e hoje sugeriu que eu começasse a olhar uns lugares pra quando ela voltar do intercâmbio a gente resolver isso de vez. Na hora fiquei super animada, espantei toda a tristeza da hora (eu estava meio down por outros motivos). Passando-se os minutos parece que a idéia foi entrando na minha cabeça direito e na hora que eu deitei na minha cama as perguntas vieram a mil:

1- O que que eu vou precisar lá?
R: cama, geladeira, armário (esse pode ser um improvisado), sofá, comida, entre outros. MAS (!) pra isso tudo eu preciso de dinheiro. OK, dinheiro. legal. Quanto? Vamos fazer as contas: faculdade: 800/900 por mês, comida: uns 400, transporte: van? 200,00 bus? 2,30X22 dias úteis=100 (isso se for apenas um ônibus e incluindo o povo fedorento e esquisito dentro dele), luz, água, telefone (ok, pode ser cel). Peraí que eu já perdi as contas. Tudo bem. Vouo pelos cálculos do meu namorado: uns 800 além da facul pra morar fora = 1600 por mês.
AI MEU DEUS! onde q eu vou arranjar isso td? a faculdade minha mãe paga, mas e os outros 800? nenhum estágio de biologia paga 800.. =S

2- E os elementos a mais?Televisão, minha cama gostosa, meus cachorrinhos *.* e tartaruguinhas *.*, meus livros que eu posso consultar aqui em casa, minhas gavetas com meus papéis com minhas confusões, meu quadro de fotos, poder estar sozinha muitas vezes (ok, só é bom quando eu quero e isso são 50% das vezes SÓ!).

3- O que mudaria na minha rotina?
1) Já que eu só consigo ver meu namorado nos finais de semana, teria que arranjar um jeito de visitar meus pais, meu avós, a mãe do Vinícios e o pai dele (Só nos finais de semana mesmo pois dia de semana é uma correria). Isso porque ele também tem as tarefas dele e não está disponível pra mim 100% das vezes. Acho q eu não conseguiria conciliar tudo isso, pois hoje mal consigo conciliar vinícios, avós e pais (isso porque eu moro com eles).
2) Eu teria que ajudar na faxina da casa (porque mais despesa com faxineira acho que não vai dar certo) [ironia made on]e eu sou uma ótima dona de casa, sabe?! [ironia made off] Isso porque eu vou ter que estar estagiando, estudando e cuidando de parte da casa, isso também porque eu sou péssima na cozinha.

4- Resumão pontos positivos e negativos de se sair de casa: (aqui estão só uns tópicos preu me situar)
Positivos:

- Vou aprender a cuidar das minhas próprias coisas
- Vou ser mais independente
- Vou parar de ter as regrinhas dos pais e criar as minhas
- Não vão me enxer o saco se o namorado ou uma amiga irá dormir comigo na república

Negativos:

- Não vou ver meu animaizinhos todos os dias, meus companheirinhos de viagem
- Vou me afastar mais ainda da música
- Não vou ter tudo o que preciso no local, como o que por exemplo eu já disse, os livros que eu consulto de vez enquando
- Vou ter que acostumar com o jeito de outras pessoas
- Não vou poder cantar alto ou mesmo dançar igual doida sem ninguém rir de mim
- Ainda tem o problema de cama, televisão, mobília em geral, blá blá blá


por isso, em vez de ir morar numa república seja com amigos ou pessoas da facul eu tenho eh vontade de já ir arrumando minha casinha pra quando eu for casar, porque daí não vou ter ressentimento de comprar alguma coisa e ficar pensando o que que eu vou fazer com isso depois, ou mesmo me sentir sem chão, sem saber meu lugar (não morando nem na casa dos meus pais ou mesmo na minha futura casa).
Foi aí que eu tive a idéia d mudar pra minha futura casa e ir arrumando devagarinho (claro que de início já tendo o suficiente pra viver) e chamar essa minha amiga pra morar comigo, pra ter uma companhia além de dividir os gastos da casa.
Ah, vamos ver no que que dá, né? Vamos esperar ela ir e voltar do intercâmbio dela, esperar ver se eu arranjo um estágio e deixar a coisa rolar.


Listening to: looking for paradise de Alejandro e Alicia Keys
e Alejandro da Lady Gaga


Essa foto tá aqui só porque me dá a sensação de dias bons e liberdade.

2 comentários:

Let's disse...

É... decidir sair de casa não é fácil, tem que pensar bem antes de fazer uma mudança dessas... ma se vc decidir que sim, to do seu lado pro que precisar =)

Fabio disse...

Cara, chega uma hora que você tem que ser independente, pra toda a galera chega a hora de juntar a poupança comprar casas e sair das casas dos pais...

Postar um comentário